Família reencontra cão desaparecido um ano depois e a 1.600 km de casa - Pet é pop
  • Família reencontra cão desaparecido um ano depois e a 1.600 km de casa

    Em cartaz nos cinemas em março deste ano, o filme “A Caminho de Casa” relata a saga de Bella, uma cadelinha sem raça definida que, separada de seu dono, enfrenta uma jornada de 600 km para reencontrá-lo. Com os sinais trocados, uma história aparecida acaba de acontecer na vida real.

    Na noite de 13 de abril de 2018, o pai de Lydia Perlman passeava com Bruno, o pequinês que ele havia dado de presente para a filha sete meses antes. Eles caminhavam pelas ruas de South Euclid, cidadezinha com menos de 22 mil habitantes no estado de Ohio (EUA).

    De repente, o cãozinho livrou-se da coleira e saiu em disparada. Simplesmente sumiu. Nos dias que se seguiram, a família mobilizou vizinhos, espalhou cartazes e fez vários posts em redes sociais na esperança de reencontrar o cãozinho. Nada funcionou.

    O tempo foi passando, Lydia ganhou Jared (um labrador misturado com outras raças), e as chances de rever Bruno pareciam uma impossibilidade.

    Mas, no dia 13 de abril de 2019, exatamente um ano depois do sumiço, a casa dos Perlman recebeu uma ligação. Vinha de um abrigo na região de Panhandle, no noroeste da Flórida, a 1.600 km de onde a família vive. Eles informaram que estavam com Bruno.

    Agora, os Perlman planejam uma viagem de carro até a Flórida para reencontrar o cãozinho. Além de matar a saudade, eles vão tentar entender como ele foi parar tão longe!

    Para fechar a história, mostramos pra você o trailer do filme “A Caminho de Casa”, citado no primeiro parágrafo deste texto.

  • Back to top