Conheça os cães campeões no combate ao crime em São Paulo - Pet é pop
  • Conheça os cães campeões no combate ao crime em São Paulo

    Os cães são aliados valiosos da Polícia de São Paulo nas missões de retirar drogas e armas das ruas, além de capturar foragidos e coibir a atividade criminosa. O Canil da Polícia Militar, unidade subordinada ao Policiamento de Choque, é parte integrante desses procedimentos de segurança.

    Em 2019, os cães da Polícia Militar têm se destacado nessas operações. No começo deste mês, chegaram a ser homenageados em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes. Conheça os animais que mais se destacaram até maio deste ano.

    1º lugar – Dara

    Fotos Divulgação/Canil da Polícia Militar do Estado de São Paulo

    A cadela foi responsável pela maior apreensão realizada em uma única operação até o momento: foram 727 quilos de drogas localizados em operação na comunidade de Paraisópolis, durante operação na região do Morumbi.

     

    2º lugar – Debby

    Um dos animais com maior número de participações em operações que resultaram na apreensão de drogas, a cadela Debby auxiliou a Polícia Militar em duas grandes operações, também na comunidade de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo: foram mais de 330 quilos localizados em operação no dia 15 de abril e outros 300 quilos identificados no dia 20 de março.

     

    3º lugar – Aruck

    Participou de uma apreensão de mais de 500 quilos de entorpecentes, realizada no dia 13 de abril, no bairro Jardim Taboão, zona sudoeste da capital paulista. Na ocasião também foram apreendidas armas e munições.

     

    4º lugar – Dóris

    Integrou equipes responsáveis por duas importantes apreensões. Uma na Comunidade Primavera – zona leste de São Paulo –, que apreendeu 141 papelotes de cocaína, 249 microtubos de crack, 393 microtubos de cocaína, 766 invólucros com maconha e 161 potes de acrílico com maconha; e outra na comunidade de Paraisópolis, em 24 de abril, em que foram apreendidos mais de 73 quilos de drogas, além de munições de uso restrito.

     

    5º lugar – Thor

    Foi o primeiro integrante do canil a registrar apreensão em 2019. Ele ajudou na localização de 2.800 porções em operação realizada logo no segundo dia do ano. Em 24 de abril, ele esteve presente em operação integrada pela Polícia Militar e pela Polícia Rodoviária Federal, em que dois quilos de cocaína foram encontrados em uma mochila embarcada em ônibus que trafegava com destino a São Paulo.

    O canil

    Além da unidade subordinada ao Choque, a PM conta com mais 26 canis setoriais, totalizando cerca de 360 cães treinados e em atuação no Estado de São Paulo.

    O canil da PM conta com cães farejadores das seguintes raças: pastor alemão, pastor belga malinois, pastor holandês, braco alemão, santo humberto, rottweiler e labrador.

    Além da detecção de drogas, os animais atuam também em praças desportivas, na busca de fugitivos em matas e resgate de pessoas perdidas.

    De acordo com o tenente João Armando Aun Fioravante, subcomandante do canil, o uso desses animais para os trabalhos da Polícia Militar é fundamental. “Eles são de extrema importância e muito eficientes na localização de drogas, de artefatos explosivos, busca por pessoa desaparecidas e marginais escondidos em matas, além de extremamente eficazes em imobilizações, ações de controle e restabelecimento de ordem”, afirma.

    De acordo com o policial militar, no dia a dia, os cães passam por cuidadosa higienização, treinamentos e condicionamento apropriados. Além disso, o serviço operacional prestado por eles não ultrapassa oito horas. Um cão pode servir à Polícia Militar até alcançar oito anos de idade.

    Depois disso eles são “aposentados” do serviço e doados. A preferência é que fiquem com o adestrador ou condutor que permaneceu mais tempo com ele ao longo de sua vida.

    Se essa possibilidade não se concretizar, então ele é disponibilizado para os demais integrantes do canil que tenham interesse. Por fim, a última alternativa é a doação a algum civil que, comprovadamente, ame os animais e tenha condições de cuidar adequadamente daquele cão.

    Com informações do Portal do Governo

  • Back to top