Cães ajudam Keanu Reeves a aniquilar bandidos em “John Wick 3 - Parabellum” - Pet é pop
  • Cães ajudam Keanu Reeves a aniquilar bandidos em “John Wick 3 – Parabellum”

    Estreou nesta quinta-feira, dia 16, nos cinemas nacionais o filme “John Wick 3 – Parabellum”. Nesta sequência, como nas duas películas anteriores, cães têm importância no desenvolvimento da trama. A grande diferença é que agora eles também protagonizam as cenas de ação.

    Trailer de “John Wick 3 – Parabellum”

    Para quem não acompanha a saga de John Wick (interpretado por Keanu Reeves), ele é um superagente que, desde o primeiro filme, busca uma aposentadoria pacata após a morte de sua mulher por câncer. Antes de morrer, a mulher o presenteou com Deisy, uma cadelinha beagle.

    O filho de um mafioso tenta comprar o carrão de Wick, que não topa a negociação. Aí os bandidos invadem a casa do agente, dão uma surra nele e matam a cachorra. Não deveriam ter feito isso. Despertaram a ira vingativa do homem. No segundo filme, a fúria ainda esta lá, mas o cão que o acompanha só precisa de uma bem-sucedida estratégia de segurança.

    “John Wick – De volta ao Jogo”, onde tudo começou

    Em “Parabellum”, Keanu Reeves contracena com Halle Berry, que é dona de cães treinados para o combate. Em uma cena, os animais ajudam na luta contra um grupo de capangas. Os cachorros atacam diretamente na genitália dos malfeitores, enquanto Reeves e Berry enfiam balas em algumas cabeças.
    Mas a mais impressionante atuação dos cães vem a seguir. Um deles usa as costas de Halle Berry como trampolim, escala uma parede e ataca um pistoleiro refugiado em um mezanino.

    “John Wick – Um Novo Dia para Matar”, a primeira sequência

    Muita gente acredita que é tudo montagem, mas o supervisor de efeitos especiais do filme, Rob Nederhorst afirma que, sim, o cão de fato subiu pelas paredes. E usou a sua conta no Twitter para mostrar isso.
    “David Edelstein, da Vulture, imprecisamente descreceu partes do filme John Wick como computação gráfica. Os cavalos são todos reais. O cachorro subiu naquela parede. Nosso time de ação foi incrível, e eu estou honrado por ter trabalhado com eles”, escreveu:

  • Back to top