Britânicos dizem ‘eu te amo’ aos pets muito mais do que para mãe, pai e irmãos - Pet é pop
  • Britânicos dizem ‘eu te amo’ aos pets muito mais do que para mãe, pai e irmãos

    Um adjetivo comumente associado aos britânicos é “fleumático”. Segundo o dicionário Houaiss, esse adjetivo define a “qualidade, caráter ou comportamento de quem não sente nenhuma emoção ou não deixa transparecer sentimento ou perturbação alguma; frieza, impassibilidade”.

    Uma pesquisa encomendada pela empresa de entregas Hermes pode reforçar essa impressão, pelo menos no que diz respeito à convivência entre humanos. Ao ouvir 2.002 entrevistados no Reino Unido, o levantamento mostra que os britânicos dizem “eu te amo” a seus pets muito mais vezes do que a parentes diretos.

    Segundo a pesquisa, dois em cada três entrevistados admitiram que verbalizaram seu amor pelos pets na semana anterior à consulta, enquanto um em cada quatro disseram ter feito o mesmo com as suas mães. No caso dos pais, a coisa piora um pouco: um a cada cinco.

    Ao se tornarem adultos, um em cada cinco afirmaram que nunca disseram “eu te amo” aos seus pais. Os ouvidos das mães jamais ouviram esse tipo de carícia vindo de um em cada oito. Quase metade dos entrevistados diz que nunca dirigiu a frase a seus irmãos.

    A empresa que encomendou a pesquisa ficou sensibilizada com os resultados e lançou a campanha #sendmorelove (envie mais amor) no Twitter. Por meio dela, a Hermes incentiva os britânicos a mandar presentes personalizados para quem ama, mas não têm o hábito de dizer isso.

     

  • Back to top