9 dicas para manter o seu gato entretido e feliz, mesmo quando você estiver fora - Pet é pop
  • 9 dicas para manter o seu gato entretido e feliz, mesmo quando você estiver fora

    Há um preconceito antigo segundo o qual os gatos só são felizes se puderem dar uns rolês fora de casa. Os especialistas do site VetStreet acham que os felinos modernos discordam disso. Todo aparato existente hoje torna a vida lá fora menos interessante para eles.

    Quer seja roçando o corpo em um vaso com erva-gateira, escalando uma árvore para interiores ou assistindo a um DVD feito para felinos, os gatos que vivem em casa dificilmente ficam entediados.

    O bônus dessa nova atitude é uma expectativa de vida potencialmente maior. Protegidos no interior de um apartamento, por exemplo, eles estão menos expostos a carros, predadores e doenças que vitimam gatos de rua.

    Ao seguir as dicas abaixo, você terá a certeza de que seu bichano estará entretido e feliz, mesmo quando ele passar um tempo sozinho em casa.

     

    1 – Espaço
    Pixabay

    Seres de qualquer espécie precisam de um espaço que possam chamar de seu. Crie uma área em casa especialmente para o gato, na qual ele tenha privacidade. Certifique-se de que seja em um local onde outros possíveis pets não irão incomodá-lo. Em seu canto próprio, o felino vai se sentir mais seguro e reforçar seu forte senso de independência. Não precisa ser nada muito elaborado. Uma caixa de papelão rende um bom espaço de descanso. Melhor ainda se esse canto ficar em local elevado, de onde o animal possa contemplar a cercania.

     

    2 – Brinquedos

    Muitos gatos adoram brincar. Isso significa que eles precisam de uma quantidade razoável de brinquedos. E os objetos devem fornecer ao bichano o que arranhar, caçar e se esconder dentro. Alguns dos brinquedos podem ser divertidos para os humanos também, como os apontadores a laser (só tome cuidado para não direcionar a luz para os olhos do bichinho).

     

    3 – Planta

    A maioria dos petshops e lojas de jardinagem tem vasos com erva-gateira. Se o seu gato gosta de se esfregar em plantas, essa erva é mais agradável e segura para ele.

     

    4 – Garras

    Se você é um dono de gato, são grandes as chances de você ter em casa algo com a marca das garras dele. A tendência é que eles amem arranhar. É um comportamento natural que os deixam ocupados em marcar território, afiar as garras e esticar o corpo. Para que eles não estraguem seu sofá, espalhe vários arranhadores pela casa. Alguns bichanos preferem estruturas horizontais, outros se deliciam com as verticais. Tente variar as texturas também. Sisal, carpete e papelão são alguns dos materiais que eles adoram.

     

    5 – Instinto

    Embora a ideia de ter sempre comida preparada e servida por alguém tenha apelo entre os humanos, os gatos não necessariamente concordam com essa moleza. Eles são predadores por natureza. Assim, ajude o seu bichano a satisfazer a sua fantasia de caçador fornecendo a ele brinquedinhos caçáveis, como ratinhos que se movem. Solte o brinquedo, sente-se e assista seu gato caçando como o tigre que ele tem certeza de ser.

     

    6 – Simulação

    Tenha em mente como os gatos vivem do lado de fora quando for criar um ambiente para eles. Na rua, eles podem ser vistos subindo em árvores, correndo sobre muros ou sentados em locais altos para admirar seu território. Você pode simular essas situações com a distribuição dos móveis e investindo em poleiros de janela, árvores internas para gatos e sistemas de escalada.

     

    7 – Vista

    Certifique-se de deixar algumas cortinas e persianas abertas, para que o gato possa observar o movimento do lado de fora. Você inclusive pode instalar um comedouro externo para pássaros, o que estimulará o felino a visitar a janela com mais frequência. Se o seu apartamento é ruim de vista, experimente a TV e algum vídeo feito especialmente para entreter gatos.

    8 – Passeio
    Pexels

    Se você ainda acha que o seu gatinho precisa de um tempo fora de casa, há maneiras de fazer isso em segurança. Tente acostumá-lo com coleira e guia. Pode parecer impossível, mas não é tão difícil quanto você possa imaginar. Há equipamentos desenvolvidos especialmente para os bichanos que podem ajudar. Em todo caso, antes de ir para a rua, cheque com o seu veterinário se o animal precisa de uma carga extra de vacinas e controles de parasitas.

     

    9 – Proximidade

    Passe um tempo com o gato. Mais importante, certifique-se de ter vários momentos a dois com o seu bichano. Mesmo que adore brincar, escalar, arranhar e caçar, ele vai ficar muito feliz pelo tempo ao seu lado

  • Back to top